12 de ago de 2011

NÃO SOMOS SUPER HERÓIS!

Infelizmente muitas pessoas acham que os voluntários que lutam e protegem os animais tem algum tipo de poder especial, mas não temos. Pessoas nos ligam para informar sobre um cão atropelado e temos a sensação que esta pessoa quer que saíamos voando de onde estamos para chegar imediatamente ao local. Muitas ligações sobre atropelamentos são em tom de ameaça aos voluntários do que propriamente de alguém preocupado com a vida do animal. Ora! Nem os bombeiros que salvam PESSOAS podem voar, mas pelo menos eles tem viatura para resgate de PESSOAS, e esse é o trabalho deles. Os voluntários da SPAP não tem viatura, tem apenas seus carros particulares e salvar animais infelizmente não é o trabalho principal dos voluntários, quem dera pudesse ser, quem dera existisse reconhecimento da profissão de "protetor de animais". Então tais pessoas ainda precisam evoluir muito e entender que nós os voluntários não somos obrigados a atender a tudo e a todos. Nós não somos os culpados pelos cães soltos nas ruas. Quem está acompanhando o dia a dia da SPAP vive o problema de perto, as pessoas querem que resolvamos até o barulho que o cão do vizinho faz. Alguém tem uma cadela no cio dentro de seus quintal e se incomoda com os cães machos que páram em seu portão, aí ficam ligando o dia inteiro para os voluntários da SPAP irem recolher os cães porque estão "assustando" as pessoas que passam... Ora! será que temos que atender isso? Porque não cuidaram pra que a sua cadela não entrasse no cio? Me desculpem pelo desabafo, mas tem gente muito folgada e com falta de discernimento neste mundo. Veridiana P. Sguissardi - presidente da SPAP

Um comentário:

  1. Concordo e peço seu apoio: veja meu projeto de lei de regulamentação da atividade de protetor de animais: www.erasmodeoliveira.org

    e, depois, ajude a divulgar a notícia!

    ABS!

    ResponderExcluir

Aguarde aprovação! Obrigada